« What Do Venezuela and Brazil's Protests Have in Common? | Main | Fifty Years After Brazil's Military Dictatorship Began »

March 08, 2014

TrackBack

TrackBack URL for this entry:
http://www.typepad.com/services/trackback/6a00e008ca9cc6883401a73d8ae45d970d

Listed below are links to weblogs that reference What's Behind Rio's Garbage Worker Strike:

Comments

Silvia

Pelos seus comentários parece que a figura do lixeiro só existe no Brasil. Que só aqui as pessoas jogam lixo na rua porque alguém virá limpar depois. O passado escravista explica muitas coisas por aqui, é verdade, mas não tudo e não dessa forma simplista. Você fala como se nos Estados Unidos ou na Europa não houvesse lixo nas ruas, nem lixeiro para recolhê-lo. E como se o fato de a pessoa ter um empregado doméstico necessariamente a tornasse alguém que vive como um senhor de escravos, embora muitas vezes isso seja verdade. Mas generalizações tendem a ser injustas.
E greve de lixeiro, ou de outras categorias de baixo salário, sempre existiram no Brazil, não é um fenômeno que surgiu com a "nova classe média".
Além disso, como negra me incomoda bastante esse tom politicamente correto de dizer que o gari é "dark-skinned" ou "mixed race", ele é negro e ponto.

Pedro Mundim

Sílvia, achei seu comentário oportuno, mas é preciso entender a visão da Gringa, basicamente similar à visão de muitos estrangeiros que chegam ao Brasil e ficam horrorizados com a distância social entre ricos e pobres. A tendência é aplicar um julgamento pessoal: esta situação é resultado da atitude dos brasileiros. Então, o egoísmo, arrogância e racismo dos "ricos" causa a miséria dos pobres.

Coloco "ricos" entre aspas porque é uma definição fluida: nunca é especificado exatamente o que é um brasileiro rico, assim como nunca é especificado exatamente o que é um brasileiro branco. Eu próprio posso ser catalogado como rico ou pobre, branco ou negro, conforme a conveniência do comentarista, já me acostumei com isto. Mas é preciso analisar: o quanto de verdade há nesta tese?

Os brasileiros jogam lixo nas ruas porque são ricos e acostumaram-se a ter serviçais que recolhem seu lixo? Se isso é uma explicação, não me parece uma explicação completa: tenho observado que os brasileiros que mais frequentemente sujam as ruas são os pobres, e não os ricos.

Os ricos brasileiros são arrogantes, egoístas e racistas? De modo geral, os ricos são vistos como antipáticos e esnobes em qualquer lugar do mundo, e isto está impresso na cultura popular: note que na mídia e na literatura, os personagens ricos geralmente são vilões. Mas isso é irrelevante. Não é a arrogância e o esnobismo dos ricos brasileiros que determina a pobreza dos outros: essa pobreza é o produto de circunstâncias impessoais, que estão, em sua grande maioria, totalmente fora do controle de indivíduos comuns. São fatores puramente econômicos, que quase sempre não são culpa ou mérito de ninguém.

Os trabalhos servis que são destinados aos brasileiros pobres são resultado de nosso passado escravagista? Mais uma vez, se é uma explicação, não é uma explicação completa: a escravidão, em maior ou menos grau, é parte do passado comum da humanidade, e muitos vizinhos nossos tiveram menos escravidão que nós, e hoje estão em uma situação pior. As coisas são mais complexas.

O fato de a maioria dos lixeiros brasileiros serem negros é prova do racismo dos brasileiros? Mais uma vez um julgamento pessoal para circunstâncias impessoais. É apenas prova de que a maioria dos negros é pobre, e não tem qualificação para outro emprego.

Silvia

Pedro, concordo com você. É preciso entender que a visão exposta é de alguém que nos vê de fora e tenta achar explicações para tudo com base na diferença de classes e na escravidão do passado. Depois que escrevi o comentário me dei conta de que poderia ter questionado a explicação simplista sobre o lixo nas ruas: afinal, com tanto gringo no carnaval, seria justo dizer que só os brasileiros deixam o lixo na rua para os garis ("intocáveis", na visão da autora)limparem???? Os gringos quando chegam aqui são desencaminhados pelos brasileiros mal acostumados? Porque, vamos e venhamos, o lixo do carnaval é uma produção coletiva de brasileiros e gringos, não é mesmo?

paul

Pedro, a pergunta e a seguinte: Por que e quais sao as razoes para se ter tanta sujeira nas ruas de grandes cidades no Brasil? Sera que vai ser a resposta cliche: e dever do estado de limpar-la e nao o faz adequadamente. Mas o tal do estado nao seria a sociedade como um todo? Recolher o lixo e sempre sera de responsabilidade do estado, agora gerar lixo, convenhan-mos, nao e obrigacao de ninguem, portanto mais conciencia , educacao, cidadania fariam uma tremenda diferenca. As cidades no exterior, nos States e na Europa , sao de fato menos sujas, como explicar este fenomeno? As explicacoes da Gringa sao simplista, superficias mas sao apenas opinioes baseadas em visao restrita a um conhecimento leviano . A Gringa, ainda nao e, uma sociologa ou antropologa apenas tem um site de opiniao de um estrangeiro com lacos brasileiros. Nao devemos levar as suas deducoes como conclusoes.

Verify your Comment

Previewing your Comment

This is only a preview. Your comment has not yet been posted.

Working...
Your comment could not be posted. Error type:
Your comment has been saved. Comments are moderated and will not appear until approved by the author. Post another comment

The letters and numbers you entered did not match the image. Please try again.

As a final step before posting your comment, enter the letters and numbers you see in the image below. This prevents automated programs from posting comments.

Having trouble reading this image? View an alternate.

Working...

Post a comment

Comments are moderated, and will not appear until the author has approved them.